terça-feira, dezembro 04, 2007

Chuva

"(...)
A chuva molhava-me o rosto
Gelado e cansado
As ruas que a cidade tinha
Já eu percorrera

Ai... meu choro de moça perdida
gritava à cidade
que o fogo do amor sob chuva
há instantes morrera
(...)"

Chuva

Sem comentários: