segunda-feira, abril 25, 2011

...

"O amor dá-nos o melhor e o pior... É um sentimento óptimo, capaz de nos deixar com o sorriso mais parvo nos lábios, capaz de nos fazer superar e de nos transformar, mas [e há sempre um "mas"] toda e qualquer dor é levada a um extremo, não nos deixa ver a realidade e as desilusões, essas que fazem parte da vida e que nos deviam fazer crescer, são como punhais que nos trespassam e que deixam feridas profundas... As cicatrizes, essas, ficam para sempre..."


in devaneios

Sem comentários: